História da Marcenaria

historia da marcenaria 1

A história da marcenaria remonta a pré-história. Desde suas primeiras construções o homem usou a madeira como material de construção, e com o passar do tempo suas técnicas foram se aperfeiçoando até chegarmos a obras de artes incríveis feitas a partir da madeira.

A madeira é com certeza um dos materiais de construção mais antigo já usado pela humanidade.

História da marcenaria no mundo

de ser fácil de se moldar. Desde a idade da pedra até a idade do bronze a capacidade de moldar a madeira melhorou significativamente.

As evidencias arqueológicas mais antigas já encontradas datam de cerca de 7.000 anos atrás, no início do período Neolítico, ao leste da Alemanha, onde foram encontrados trabalhos feitos em madeira para cobrir poços de água. Essas coberturas de poços foram feitas usado madeira de carvalho, divididas com entalhes e cantos escavados.

A palavra “carpinteiro” é a representação inglesa da antiga palavra francesa carpentier (mais tarde chamada de charpentier) que é derivada do carpentrius em latim (fabricante) de carruagem.

Pouco se sabe sobre a carpintaria na pré-história, pelo fato de não existir ainda a escrita, e naquela época o conhecimento e as habilidades serem passados apenas de pessoa para pessoa. Raramente eram escritos livros sobre essa arte, isso até o Século 15, quando então se inventou a escrita impressa. A partir de então, por volta do século 18 os operários começaram a publicar livros e manuais padronizados sobre a carpintaria.

Construções antigas de madeira

→ Entre os mais antigos prédios construídos com madeira que sobrevivem até os dia

Templo de Nanchan

s de hoje, podemos destacar os templos da Chineses como o templo de Nanchan, de acordo com uma inscrição encontrada numa viga, esse templo foi construído no ano de 782 D.C

Em 1961 o templo foi reconhecido como o mais antigo edifício de madeira da China.

→ A igreja de Greensted, na pequena vila de Greensted-juxta-Ongar, perto de Chipping

igreja de Greensted

Ongar em Essex, na Inglaterra, é considerada a igreja de madeira mais antiga do mundo e provavelmente a construção feita de madeira

mais antiga da Europa que ainda está em pé.

A construção tem cerca de 1.200 anos. A evidência arqueológica sugere que, antes de existir uma estrutura permanente, pode haver uma outra igreja, ou um lugar sagrado, no local por muito mais tempo, possivelmente remonta ao século IV.

→ Algumas igrejas na Noruega que ainda sobrevivem de pé foram construídas por volta do ano 1130, no início da

idade média. São igrejas cristãs que foram erguidas ainda na época dos

Igreja na Noruega

Vikings, quando a Noruega passou a ser um país cristão. Estima-se que nessa época foram construídas cerca de mil igrejas desse tipo, porém hoje só restam 28 delas.

Essas igrejas ficaram conhecidas como igrejas de palmeira, em algumas até mesmo o cemitério encontra-se em uso até os dias de hoje.

As serrarias

Por volta dos anos de 1500 as serrarias aumentaram consideravelmente na Europa, isso graças ao descobrimento das Américas. O desejo de se extrair o máximo de recursos do novo continente, principalmente para a construção de Navios e edifícios contribuíram para o crescimento dessa atividade no velho mundo.

Entre os séculos 18 e 19, com a revolução industrial e a energia elétrica, o mundo mudou bastante e as serrarias também.  Nesse período foram desenvolvidas máquinas elétricas que ajudaram a acelerar mais a construção em madeira.

Posterior a isso, com a invenção do cimento, passou então a usar isso na fundação das construções, fazendo com que carpinteiros deixassem de usar madeira pesada por cimento.

Deixar um Comentário