Dicas de Marcenaria para Iniciantes

Entrar para o ramo da marcenaria pode te tirar definitivamente daquela famigerada “zona de conforto”. É um ótimo caminho para você se tornar hábil no trabalho industrial, mas antes de tudo, é importante realizar cursos e adquirir o conhecimento técnico em marcenaria, necessário para exercer a profissão nessa área.

A boa notícia é que qualquer um com força de vontade, estudo e disciplina pode ingressar na arte da marcenaria.

Neste artigo, você verá um breve tutorial caso queira trabalhar como marceneiro e ter vários clientes nessa profissão, ou mesmo para aqueles que lidam com a marcenaria como um hobby.

Tenha os equipamentos necessários para exercer suas atividades

Para quem deseja se torna um marceneiro moderno e não apenas mais um no meio da multidão, é necessário estar sempre atualizado e ter todas as ferramentas que o trabalho de marcenaria exige. Assim você estará sempre preparado para qualquer serviço quando for necessário.

Anote esta lista que não é apenas essencial, mas também obrigatória para realizar serviços de marcenaria:

  • Furadeira;
  • Serra tico tico;
  • Martelo;
  • Trena;
  • Serra circular manual;
  • Chaves de fenda;
  • Alicate;
  • Brocas e estilete;

Programe e monte a sua marcenaria

Otimize os espaços e arrume um canto de sua casa, que a princípio não está tendo nenhuma utilidade para criar a sua oficina de marcenaria. Qualquer espaço que tenha 2×2 poderá ser usado para receber seus clientes, guardar ferramentas e trabalhar tanto em horários comerciais como no seu tempo de folga, caso tenha outro ofício além da marcenaria ou mesmo que seja apenas o seu hobby.

Lembre-se que, como autônomo, você poderá definir o seu melhor horário de trabalho.

Caso você não tenha espaço em sua residência, esse não é um problema grave. Tem até como separar um espaço em sua garagem ou em último caso, alugar um pequeno galpão para começar as suas atividades.

Seja consciente na elaboração de seus projetos

Nos dias de hoje, com o avanço da tecnologia, muitas vezes móveis sob medida são desenhados através de programas de computador. Por isso, é preciso contar com um profissional capacitado para criar os móveis sob medida ou você mesmo deverá realizar a criação caso tenha este talento.

Antes de começar a fabricação das peças, converse com o seu cliente, deixando bem claro se poderá fazer o serviço e quanto tempo será necessário para a entrega. Isso irá facilitar a comunicação de ambas as partes.

Não esqueça de tomar as decisões juntamente com o seu cliente. Não deixe em nenhum momento para tomar uma decisão sem comunicar o seu pagador previamente. A sua marcenaria tem um fluxo de produção e você não pode se esquecer disso. Além, é claro, de se comprometer com o prazo de entrega e saber da mão de obra que você também terá de arcar. Tudo isso precisa passar pela contabilidade do seu projeto.

Cobre um preço justo, de acordo com o mercado

Isso é ainda mais importante, considerando que você é um marceneiro iniciante, pode estar fazendo o primeiro serviço para uma empresa ou residência, por isso, eles naturalmente irão questioná-lo com relação à qualidade e um preço condizente com o mercado. Algumas regiões, pela falta profissionais do ramo, acabam sofrendo com preços exorbitantes, muitas vezes sem ter um serviço de alto padrão.

Calcule tudo de forma exata. O valor da matéria-prima, quanto e como será necessário a utilização da mão de obra, além de quanto tempo para a fabricação dos móveis, afinal, seu tempo gasto também deve ser calculado no orçamento.

Avalie também a qualidade e a potência das máquinas e ferramentas que você possui para realizar o trabalho. Tudo isso irá influenciar em seu resultado final.

Gestão eficiente lhe trará bons frutos

Saber sobre gestão de negócios é como controlar os gastos de sua casa. Obviamente que o caixa de uma empresa, somente irá bem se você gastar menos do que ganhar.

Geralmente quanto maior é o lucro, maior a vontade de gastar. Mas entrar no vermelho não é saudável para ninguém.

Lembre-se que mesmo trabalhando como autônomo, você deve separar os ganhos de seu trabalho de despesas pessoais. Uma boa dica é ter 2 contas, uma para seus ganhos como marceneiro, e outra para usar no seu dia a dia com despesas pessoais.

Lembre-se de deixar tudo organizado para não entrar em uma saia justa, tendo que solicitar empréstimos bancários e podendo até quebrar de uma vez, apenas por um erro de planejamento ou gestão.

Seja amigo da tecnologia e maximize seus lucros

Não se esqueça de utilizar a tecnologia a seu favor com a utilização de softwares de gerenciamento para facilitar a gestão de seu negócio. Alguns aplicativos e softwares fazem praticamente tudo por você. Você poderá emitir notas fiscais, calcular o pagamento de impostos e saber os seus rendimentos mensais de forma precisa.

Digitalize ainda mais o seu negócio com uma conta em um banco digital, onde as tarifas são bem menores, sem altas taxas de manutenção e com um rendimento bem mais alto do que a velha poupança.

Conclusão

Os melhores marceneiros,  iniciantes ou não, sabem da importância de conhecer sobre processos industriais, máquinas, e, é claro, ser ligado às questões tecnológicas. É mais do que necessário automatizar os seus processos, pensando em ganhar mais tempo e dinheiro.

Muitos marceneiros já estão atentos sobre esse assunto. Afinal,  pelo simples fato de que o seu despertador é em seu Smartphone, já temos uma breve noção de como as coisas tendem a ficar nos próximos anos com o avanço da tecnologia.

Mantenha o seu processo industrial bem definido e instalado, além disso, potencialize o seu tempo e gestão para que a sua marcenaria seja um sucesso ainda maior!

Deixar um Comentário